sábado, 31 de maio de 2008

Pela noite dentro...

Depois de um jantar bem passado e bem regado, eis que um grupo de trintões resolve terminar a noite com uns belos shots e música quanto baste.

O jantar tinha corrido bem... bom ambiente, gargalhadas, "paparoca", cerveja preta, ruiva e às cores e uma deliciosa sangria.

Pelo meio e de vez em quando uma olhadela no plasma pendurado bem no meio da sala para acompanhar o concerto da Amy Whinehouse. Não é estilo de música que aprecie e muito menos uma cantora que goste mas o espectáculo da Amy teve acima de tudo muito de "Whine" e pouco de "House"... :-).

Aquela moça é um caso á parte no mundo da música mas reconheço que os músicos que a acompanham são espectaculares e só por si vale apena ver o concerto.

Mas em frente que atrás vem gente!


Após o jantar, destino traçado... "Vaca Louca Bar"!!!

Pensava eu que estando 90 mil pessoas no RIR que Lisboa pudesse estar mais "calma"... puro engano, havia mais 90 mil naquela zona!

E lá fomos nós... logo nos primeiros 10 minutos não teve nada que saber: shot da casa, "moranguito", "pastel de nata" e "orgasmo"... 4 shots de entrada para libertar o espirito!!
Como cada um pagava uma rodada (...éramos 8!!!) aquilo não teve nada que enganar!!

Mas eis que no meio do barulho das luzes dou por mim a olhar em volta...

"He pá????" - Pensei eu!
"Tu queres ver que afinal de contas hoje é que é dia da criança???!!"
O primeiro grande impacto da nossa entrada no bar foi que a média de idades aumentou um pouco...lol !

Andei pensei que nos tivéssemos enganado e estivéssemos à porta de uma qualquer festa de fim de curso numa qualquer escola secundária. Era assustador o número de jovens muito "jovens"!

Era ver grupos atrás de grupos a chegar e cada um lembrava-me uma colónia balnear em que só faltava o chapéu da mesma cor no alto da cabeça de cada um ou até mesmo um bibe.
Eu olhava para algumas daquelas "criaturas" e a maior parte em estatura estaria no percentil 40 e outras que se no tamanho ainda enganavam, a nível de perímetro encefálico andariam á volta do percentil 25... eu acho que vi um de chucha ( :-> ).

Uns já cambaleavam ainda o relógio dava as 12 badaladas.... "coitaditos", pensei eu, em vez de um galão normal beberam um de máquina e a cafeína deixou-os assim.

Mas será que já não existiam as saudosas excursões ao Santuário de Fátima, às ruínas de Conimbriga ou até mesmo uma qualquer vista de estudo ao museu do Brinquedo?

Nitidamente estamos a viver outros tempos mas acreditem que em muitos daqueles casos ainda havia muito "dentito de leite" ali no meio.


Bem... com este ambiente "festivo" em volta resolvemos nos "abrigar" na Discoteca "Plateau" e curtir as nossas saudosas músicas dos anos 80/90 que continuam a ser grandes músicas e que nos proporcionaram uma grande noite e um grande ambiente, este sim, onde nos sentimos bem mais jovens que lá fora, no meio daquela "criançada" toda...

Às 4 e meia da manhã quando saí voltei a ter "aquela" sensação estranha de que estava a sair de uma aula de Educação Musical e que agora ia para o recreio brincar um pouco com aquela gente miúda.

Sem dúvida alguma que vivemos outros tempos... ainda bem para estas novas gerações se bem que é algo assustador o que presenciei em alguns casos!

Mas tal como acontece no Rock In Rio, o próximo encontro que houver no "Vaca Louca Bar" ou noutro qualquer bar de Santos, "EU VOU..."

Parabéns Magali...

Ma, Ma, Magali...


Ma, Ma, Magali...


Ah pois é... parece-me que hoje é dia de Festa!!!!


Antes de mais, PARABÉNS e que tenhas um dia ESPECTACULAR e super FELIZ!





Desejo que tenhas uma dia feliz , preeenchido a fazeres o que mais gostas...
:-)





Rodeada de muitos amigos e de todos aqueles que te são queridos
(... faltamos nós, eu sei !!! )




Que neste dia todos os teus sonhos se realizem..






Que todos os teus desejos sejam concretizados...


Que o dia acabe da melhor forma...



Que a tua festa de Aniversário seja divertida e muito "docinha, docinha..."




Por falar em "docinho, docinho...". Aguardamos pela nossa fatiazinha...





Beijocas grandes e PARABÉNS...

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Salada Morna de couscous

Uma saladinha vai bem em qualquer altura.. ainda mais uma saladinha de couscous!
Pois é, andava eu de volta dos livros de receitas… quando me deparei com esta salada!
E pensei… porque não partilha-la com vocês!
Assim, este post é dedicado a minha kida amiga Patty que da próxima vez vai fazer uma Salada de Couscous maravilhosa… de comer e chorar por mais!!

Aqui fica a receita:
4 dl de água, 2 saquetas de chá verde, 1 beringela, sal,
250 g de couscous, 1 courgette, 1 pimentão vermelho,
100 g de ervilhas descascadas, 500 g de vaqueiro refogado, pimenta

Ferva a água e introduza as saquetas de chá verde e deixe em infusão enquanto prepara os legumes.
Lave a beringela, corte-a em dados. Salpique com sal grosso para lhe retirar a acidez.
Lave a courgette, elimine as pontas e corte em dados.
Lave o pimento e corte-o em tiras, ao mesmo tempo que o limpa de sementes e peles brancas, e depois corte as tiras em quadrados, do mesmo tamanho que a beringela e a courgette. Coloque os couscous num recipiente largo e fundo e regue-os lentamente com o chá verde, bem quente, enquanto vai mexendo com um garfo de cozinha para que fiquem molhados por igual. Reserve tapado. Derreta a Vaqueiro Refogado num tacho, junte os legumes preparados e as ervilhas e deixe cozinhar, tapados, durante cerca de 15 minutos, mexendo de vez em quando.
Junte os legumes aos couscous e mexa com um garfo de cozinha. Sirva quente ou frio.

terça-feira, 27 de maio de 2008

Os tempos que correm...

Porque este blogue também fala de coisas sérias deixo esta imagem para demonstrar umas das coisas que me afectam o sistema nervoso e a carteira...
"A EVOLUÇÃO DO ROUBO"

Nascido num dia Azul...

Aproveitei estes últimos dias para ler um livro.
O porquê da escolha deste livro é porque se baseia na história verídica de Daniel Tammet que tem a Síndroma de Savant, uma forma extremamente rara da síndroma de Asperger (autismo de alto funcionamento).
Para além disso durante a infância teve Epilepsia que muitas vezes acompanha as pessoas que têm autismo.
Eu próprio não conhecia os “Savants” que são pessoas que se caracterizam pela incapacidade de funcionamento do lado esquerdo do cérebro que é compensada pelo lado direito.
Daniel vê os números como formas, cores e texturas e consegue realizar extraordinários cálculos mentais em poucos segundos. Isto também se explica porque é exactamente o lado direito do cérebro que trata de tudo o que está relacionado com números e cálculos.

Para além disso Daniel fala 7 línguas, aprendeu Islandês numa semana sendo que a primeira língua que aprendeu foi o Lituano.
Daniel tem uma maneira diferente de ver os números e as palavras. Tudo para ele tem cores, formas e expressões.
O número favorito dele é o 4 porque é tímido e calado como ele, tal como o 11 é amistoso, o 5 ruidoso e o 117 alto e magro.
Outro exemplo do que vai na sua mente é que todas as palavras tem cores, por exemplo para ele todas as palavras que começam por “F” são azuis... Por exemplo “Finlândia” é azul e se pensarem na bandeira, é uma cruz azul sob um fundo branco.
Como autista que é, Daniel também revela sinais disso mesmo, as rotinas pré estabelecidas por ele como todos os dias de manhã comer exactamente 45 gramas de cereais que religiosamente pesa sempre antes de comer.
Este livro para além de uma viagem na vida de Daniel Tammet, desde a sua infância, é também uma explicação de como um autista vê a vida e lutou contra todos os seus medos, rotinas e experiências de vida.

Tem uma paixão por tudo o que seja números e até a sua data de nascimento é desdobrada em números primos tal como ele explica no livro.
Daniel nasceu a 31 de Janeiro de 1979 e 31,19,197,97,79 e 1979 são números primos.

“Nascido num dia Azul” é muito giro, contado por uma pessoa brilhante e que nos permite conhecer melhor o mundo de um autista.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Para a minha Parceira de um almoço sem fome...

Olha, sabes... isto não é nada de mais...

É só uma maneira diferente de te dizer q gosto da tua companhia, de falar contigo e ouvir-te...

Sempre q precisares/quiseres... "tou" aqui!

Anima-te, não és Mulher de baixar os braços, isso eu sei com toda a certeza...


Melhores tempos virão... tu mereces!
Beijos


Já estão nas bancas...




sexta-feira, 23 de maio de 2008

Enigma II

Aproxima-se o fim de semana e por isso deixo-vos algumas coisas para pensar no fim de semana... desta vez são 3 mas são fáceis!!!


Prontos?


1º Enigma




Na figura podem ver 2 casas... na Casa 1 temos 3 interruptores (A,B e C). Na Casa 2 temos 3 lâmpadas (1,2 e 3). Imaginem que estão na Casa 1 e que quando se dirigirem à Casa 2, que está a uma distância de 500 metros, serão capazes de associar cada um dos interruptores a cada uma das lâmpadas existentes na casa.

Como conseguiriam fazer isso tendo absoluta certeza de que por exemplo o interruptor A diz respeito à lâmpada 2????

2º Enigma




Nesta figura temos quatro pessoas, duas com chapéu preto e as outras duas com chapéu branco.

Algumas regras:
- Os indivíduos 1,2 e 3 não conseguem ver o indivíduo 4 e esta vice-versa.
- Todos eles sabem que existem 2 chapéus brancos e 2 chapéus pretos.
- Nenhum deles pode olhar para o chapéu que tem na cabeça.
- Nenhum deles pode olhar para trás logo, o nº1 vê o 2 e o 3, e o nº2 só vê o 3... ou seja, só podem olhar para a frente.
No entanto e tendo em conta tudo isto, existe um destes indivíduos que consegue saber com toda a certeza a côr do chapéu que tem na cabeça e por isso o único que pode dizer "Eu sei a côr do chapéu que tenho na cabeça" e explica porquê...
Palpites? Quem será que sabe a côr do chapéu que tem na cabeça?
E claro, uma explicação válida... tb mto fácil!!!

3º Enigma

A alguns anos atrás, um detective procurava um novo assistente para o contratar. Apareceram três candidatos para o dificil cargo e resolveu fazer um pequeno teste.
Ele disse: - Olhem, há um crime que precisa ser resolvido e existe uma pista numa das bibliotecas públicas da cidade. A pista está algures dentro de um livro, entre as páginas 165 e 166.
Dois dos candidatos saíram de imediato , e correram atrás da pista que o detective enunciou.
O terceiro deles nem se levantou e ficou sentado.
O detective de imediato deu o emprego para esse.
Por que ele ficou com o emprego? O que é que os outros dois candidatos não sabiam?
Esta é a mais fácil...

Bom fim de semana

PS- Tentei responder sem espreitar as respostas que os outros vão dando... se conseguirem resistir a essa tentação!!

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Enigma I

Um crime hediondo foi cometido...

Cenas macabras e extremamente chocantes são testemunhadas no local do crime!!

Depois de analisadas provas e tendo em conta relatos de testemunhas oculares, são enumerados 2 suspeitos!!!

Apenas 2...

Irmãos...
Gémeos...
Um gordo e um magro...


2 Suspeitos de um crime profundamente repugnante, imundo, horrendo, sórdido...

A pergunta é feita: Qual dos dois irmãos foi o protagonista de tamanho crime com elevado grau de perversidade?

Todos nós temos um pouco de Sherlock Holmes ou de Perry Mason e por isso lanço o desafio, quem foi o autor do crime?

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Escolha do lado Certo.
O que é o lado certo?

Como este canto, é o canto dos esclarecimentos, gostaria que me ajudassem no seguinte.

Há alguns dias tive o prazer de privar numa pequena corrida com alguém com problemas de direccionalidade, eu dizia para virarmos á esquerda e o alguém virava para a direita, dizia direita e o alguém virava à esquerda. Até que o alguém, parou muito aborrecido e questionou sobre a possibilidade de eu estar a troçar com o seu problema. Referindo que não, comprometi-me a arranjar-lhe uma luz para o seu problema.

Mas esta situação levou a outra, que era, eu própio estava confuso, começando por: quem, mas quem é decidiu qual deveria ser o botão do lado esquerdo do rato - rato de computador, e não o do lado direito? De que perspectiva é que isto funciona. Com o rato virado para a frente? Seguro com a mão direita? O indicador da mão direita é o da esquerda? E se for da mão esquerda? O indicador é do tecla da direita? O médio é o quê? E se ele, rato, estiver virado para o utilizador, a esquerda é a direita e a direita a esquerda. Uma grande confusão, é o que isto é. Já perceberam como se devia estar a sentir o alguém. E não pensem que este é um problemazinho, não, não é. Existem estudos e análises ao mais alto nível. Os maiores crânios estudam projectam lançam teorias, em Portugal criaram-se Observatórios, observatórios de observatórios para encontrarem a origem e a solução deste busílis. Como devem calcular, esta situação impede algumas empresas de evoluir, cria imensos problemas na utilização das novas tecnologias. Já não bastava termos os vírus temos também os desactivadores de botões dos animais. Sim isto é a mais pura das verdades, há blog’s que referem isso. Se isto acontece, se isto é verdade, como iremos render, desculpem, como poderíamos blogar. Uma das soluções seria termos um rato sem teclas, vejam as imagens ao lado.

Isso é como o cúmulo não é? Como vêm a escrita é como as cerejas. Existem muitos cúmulos uns mais giros que outros e, um dos mais giros, é o cúmulo da força.

Até à (á??) próxima.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

o A do verbo Aver

Ao receber um email do qual fiz "reply to sender", respondendo prontamente, cometi um erro, ou não!

Tão prontamente foi a minha resposta que às páginas tantas escrevi, "(...) já à muito tempo (...)".
Sem misericórdia, o destinatário devolve-me o email observando o meu erro e repreendendo-me de tão insano acto (brevemente ato).
Espantada com tal desaire pensei se afinal, à luz do novo acordo ortográfico, não estaria certa a minha opção involuntária.
Convoquei uma reunião com carácter de urgência junto dos Oráculos da Sabedoria Linguística cá do sítio. Argumentava eu perante os outros amigos que, se o Acordo prevê a queda dos "h's" mudos e surdos, que afinal não servem para nada, no início das palavras, poderei então escrever o que escrevi e considerar correcto?
Fez-se silêncio que aliás é coisa que não existe nestas nossas tertúlias.


Ficámos abesbílicos com tal dilema! Aliás, estamos nesse estado latente desde a ratificação do Acordo.
Perante esta situação é então legítimo perguntar:

o A, do verbo Aver, tem acento grave, agudo, ou nenhum?

Eu pessoalmente acho que, se o H do verbo Haver cair, passarei a escrever o Há sem H e com o acento grave.
Senão vejamos:

Haver evolui para Aver
Há evolui para Á - que não existe nem com o novo acordo, julgo eu, logo evolui para À, certo?




Fica aqui o primeiro desafio da aplicação prática do tal acordo que poucos entendem mas que muitos defendem!


Kat

Canal Blog Memória - Parte II

Depois de revivermos os saudosos Kalkitos eis que me vou dedicar a relembrar alguns dos mais carismáticos anúncios de televisão (e rádio...).

É certo que durante os intervalos dos filmes que passam na TV (alguns desses intervalos são tão grandes que podiam passar episódios da série de TV norte-americana Dallas e ainda sobrava tempo para dar um programa do TV-Rural do Engª Sousa Veloso), somos bombardeados com anúncios de tudo e mais alguma coisa, alguns deles muito bem feitos e que nos "obrigam" quase a comprar o produto/serviço.



Mas... quem não se lembra dos anúncios de antigamente que ainda hoje temos gravados na nossa memória, não pela espectacularidade do anúncio em si mas pelas frases marcantes que acompanhavam esse produto...

Brasa, a bebida que aquece o coração..


Diga bom dia com "Mokambo"...


Fary - "E Sobral de Montagraço já tem um parque infantil!" ...


Se alguém lhe oferecer flores isso é "Impulse"... (cá para mim é mesmo tentar galar...)

"Palavras para quê? É um artista português e só usa Pasta Medicinal Couto!"... mas lindo, lindo era " .. a pasta que anda na boca de toda a gente!" :-)

A música das "malucas e endiabradas canetas" Bic Laranja e Bic Cristal (se tivessem levado aquela música a um Eurovisão da Canção jamais ficaríamos em último lugar...

E o restaurador Olex ... o guru dos anúncios "“Um preto de cabeleira loura ou branco de carapinha não é natural..."

Relembro também o perfumante sabonete "lux", o estonteante "Pop Limão", o "gostoso" SUCHARD EXPRESS e também o detergente "Xampa" com a linda frase "Sorte nao. Xampa!!".

Havia um anúncio que me levava aos píncaros. Era um anúncio marado que era uma publicidade dos Serviços da Segurança Social, com locução do Herman José em que ele interpretava um papel(profissão). Existiam vários spots que versavam as profissões e os serviços de Seg. Social.
Um desses spots era (loucura, ainda sei isto de cor...), aqui vai:
"Aniceto Barata era trabalhador pasteleiro
Fazia pasteis de nata, todo o santo dia inteiro,
Um dia quando batia a massa para a melhorar,
Falhou a pontaria e deu um entalão no polegar...

Aiiiiii que dores de morrer,
Telefonem já para a caixa,
Já não vou conseguir produzir,
Eles que me ponham de baixa
... e eis que chegou afinal,
O fiscal da Segurança Social"

Era isto mais coisa menos coisa...
Para terminar deixo-vos com o top dos tops da Rádio:
"Menina, que pólos conhece? - Conheço o pólo norte, o pólo sul e o Polylon.
- Poly... Lon?
- Ai, que o senhor professor não sabe! Polylon são os fechos de correr que a mamã usa.
A mamã e as outras senhoras...":-)

E agora para terminar este post, uma despedida à Engº Sousa Veloso no TV-Rural

"Despeço-me com amizade"
PS- ... já estou a imaginar o meu próximo post sobre esse ícone dos desenhos animados, o grande "Vasco Granja"

Estar vivo...



Morre lentamente quem não viaja,
quem não lê, quem não ouve música,
quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.


Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
repetindo todos os dias o mesmo trajecto,
quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.


Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o "preto no branco" e os "pontos nos is" a um turbilhão de emoções indomáveis,
justamente as que resgatam brilho nos olhos,
sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.


Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.


Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte
ou da chuva incessante, desistindo de um projecto antes de
iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que
desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que
estar vivo exige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar.

Estejamos vivos, então!


Pablo Neruda

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Canal Blog Memória

Depois de uma greve conturbada eis que o pessoal está a regressar em força...

Ontem vi uma luz? Tive uma visão?

Não, não era o 4º segredo de Fátima nem ninguém que vinha em contramão... Algo bem mais sobrenatural e fascinante!!!

É certo que hoje em dia existem jogos e brincadeiras fantásticas, que nos transportam para sitios e locais fascinantes mas .... eu até fico arrepiado só dizer isto.... assim tipo pele de galináceo... alguém se lembra dos KALKITOS???

Era a loucura...

Pegar nas figurinhas e "raspá-las" (decalcar é o termo certo mas "raspá-las" parece-me bem...) a uma velocidade vertiginosa nas imagens que compunham o tema era uma sensação assim, tipo absorção mas ao contrário.

É claro que rapidamente se tornaram em estonteantes tatuagens que alegremente colocavamos em qualquer parte do corpo, quer dizer, em quase todas...

Mas não podia terminar este pequeno post com este delicioso tesourinho relativo aos Kalkitos... nada vos é familiar neste kalkito?

Ah pois é... se há pessoas que são verdadeiros cromos na nossa vida outros há que são verdadeiros KALKITOS...

Uma imagem vale por mil palavras...


Ontem entrei no site da MSNBC News e fui ver fotos relacionadas com o terramoto que se verificou na província de Sichuan... todas elas são marcantes e mostram o lado trágico do que se passou.

Na altura do sismo muitas das vítimas (crianças...) estavam na escola e por isso mesmo ao ver as referidas fotos a que vos mostro marcou-me por tudo aquilo que simboliza...

"Um homem a ver uma das crianças que ainda segura na sua mão a caneta com que possivelmente estaria a escrever..."

Acordo Ortográfico?? Impossível!!

Para os Puristas da Língua Portuguesa:

Uma breve previsão da Versão do Capuchinho Vermelho pós Acordo Ortográfico.



Tás a ver uma dama com um gorro vermelho? Yah, essa cena!

A pita foi obrigada pela kota dela a ir à toca da velha levar umas cenas, pq a velha tava a bater mal, tázaver?

E então disse-lhe:- Ouve, nem te passes! Népia dessa cena de ires pelo refundido das árvores, que salta-te um meco marado dos cornos para a frente e depois tenho a bófia à cola!

Pá, a pita enfia a carapuça e vai na descontra pela estrada, mas a toca da velha era bué longe, e a pita lixou-se na cena da kota dela e enfiou-se pelo bosque.

Népia de mitra, na boa e tal, curtindo o som do iPod...

É então que, ouve lá, salta um baita dog marado, todo chinado e bué ugly mêmo, que vira-se pa ela e grita:- Yoo, tá td? Dd tc?

- Tásse... do gueto alí! E tu... tásse? - disse a pita-
-Yah! E atão, q se faz?
- Seca, man! Vou levar o pacote à velha que mora ao fundo da track, que tá kuma moka do camano!
- Marado, marado!... Bute ripar uma até lá?
- Epá, má onda, tázaver? A minha cota não curte dessas cenas e põe-me de pildra se me cata...
- Dasse, a cota não tá aqui, dama! Bute ripar até à casa da tua velha, até te dou avanço, só naquela da curtição. Sem guita ao barulho nem nada.
- Yah prontes, na boa. Vais levar um baile katéte passas!!!


E lá riparam. Só que o dog enfiou-se por um short no meio do mato e chegou à toca da velha na maior, com bué avanço, tázaver?

Manda um toque na porta, a velha “quem é e o camano” e ele “ah e tal, e não sei quê, que eu sou a pita do gorro vermelho, e na na na...”
A velha abre a porta e PIMBA, o dog papa-a toda...
Mas papa mesmo, abre a bocarra e o camano e até chuchou os dedos...

O mano chega, vai ao móvel da velha, saca uma shirt assim mêmo à velha que a meca tinha lá, mete uns glasses na tromba e enfia-se no VL... o gajo tava bué abichanado mêmo, mas a larica era muita e a pita era à maneira, tásaver?


A pita chega, e tal, e malha na porta da velha.

- Basa aí cá pa dentro! - grita o dog.
- Yo velhita, tásse?- Tásse e tal, cuma moca do camâno... mas na boa...
- Toma esta cena, pa te encheres toda aí...
- Bacano, pa ver se trato esta cena.
- Pá, mica uma cena: pa ké esses baita olhos, man?
- Pá, pa micar melhor a cena, tázaver?
- Yah, yah... E os abanos, bué da bigs, pa ke é?
- Pá, pa poder controlar melhor a cena à volta, tázaver?
- Yah, bacano... e essa cremalheira toda janada e bué big? Pa que é a cena?
- É PA CHINAR ESSE CORPINHO TODO!!! GRRRRRRRR!!!!

E o dog manda-se à pita, naquela mêmo de a engolir, né?
Só que a pita dá-lhe à brava na capoeira e saca um back-kick mesmo directo aos amendoins do man e basa porta fora!
Vai pela rua aos berros e tal, o dog vem atrás e dá-lhe um ganda-baite, pimba, mêmo nas nalgas, e quando vai pa engolir a gaja, aparece um meco daqueles que corta as cenas cum serrote, saca de machado e afinfa-lhe mêmo nos cremalheira.



O dog kinou logo alí... o mano china a belly do dog e saca de lá a velha toda cheia da nhanha.


Ina man, a malta a gregoriar-se toda!!!

E prontes, já tá...

... sohniugimA

... rabaca a setserp àtse everg atsE

OCNIC

ORTAUQ

SÊRT

SIOD

MU

!!!!!uobacA

terça-feira, 13 de maio de 2008

Virgindade parte II




Não isto não é um dejá vu, não arriscar-me a outro floop bloguista.

Mas, lamentavelmente foi necessário medidas drásticas, por parte de um grupo (3/5 de um grupo) para post ...ar algo.
Por mim e para estes coxos fartei-me de escrever, mas escrevi tão rápido, tão rápido, mas tão rápido, que pobres coitados nada viram. Por isso vou repetir em slowmotion.
Desde a descoberta do monstro de Loch Ness, ao BigFoot, nada foi mais importante que a nossa/VOSSA escrita, não se esqueçam que por vezes é bem mais importante um pequeno comentário do qualquer outra cabeçada num poste.
Sabeis vós, que preciso de voz (leia-se vós - esta foi gira, aplauso, “clap”) para escrever (não até doer, como a voz). O meu fado é correr, correr, correr, falta-me a arte e o engenho para colocar na ponta dos dedos todo esse sentimento e saber, dizer que nesta altura faltando um dos cinco o resto não tem piada (macambúzios tristes e surumbáticos ficamos) 5 é o número certo, são eles os continentes, também as nossas vogais, as mãos só são perfeitas com esse número (poderão existir mais ou menos mas essa é a quantia.)

É uma idiotice chapada colocarmos numa qualquer tela de computador o que gostamos e sentimos, termos/palavras dos quais nada sabemos e dos quais vamos rir até mais não (aqui já existem alguns, “tela”?). Será?.Talvez seja. Passamos a conhecermo-nos melhor? Estamos mais juntos? Não sei, o que sei é que nos divertimos e tornamos os nossos dias mais alegres. Sim é uma grande verdade. Também é verdade que cada um dos bonecos tem um pouco a ver connosco. O Peninha com a sua veia artística tem vindo a trazer este blog ás costas e, por vezes queixa-se, é um incompreendido, ninguém escreve, a Magali, Oh! Magali! larga o pão. A kat com a sua irreverência arranha tudo e todos mas depois é um doce (a escrever), a elektra leva tudo na ponta da faca se algum dos termos não estiver correcto, ai Jesus. Mas tudo isto é .....Blog, é o Blog dos cinco, não os da vida airada (esses eram três) mas da vida engraçada a rir.

Obrigado turminha por alegrarem o meu dia .

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Está na hora...

Este blogue nasceu durante um belo almoço entre 5 amigos... disse 5, certo?

Esta brilhante ideia nasceu da nossa iluminada KatWoman... digo brilhante porque o blogue é sem dúvida alguma um excelente cantinho para partilharmos desde o mais bonito desabafo à mais estonteante palhaçada!!!

Eu pelo menos gosto disto... é bom de vez em quando arejar a "carola" e escrever alguma coisa e depois ser "bombardeado" pelos comentários de todos aqueles que gostam de aparecer!!!

É certo que nem todos temos o dom e a inspiração para escrever... é certo que existem pessoas que gostam mais de falar do que escrever mas... somos cinco, certo?

Mas todos os dias que visito este blogue do qual tenho muito orgulho em pertencer anseio por encontrar algo diferente e esse "algo" é sem dúvida alguma um post da Magali!!!

Até já dei por mim a acordar a meio da noite, ligar o PC e tentar encontrar um pequenito post da Magali... não sei se é de estar ensonado ou de estar meio escurito mas procuro, procuro, procuro e nada!!!
Bem... vou tomar medidas radicais!!

A partir deste momento estou em greve "bloguista", ou seja, enquanto a Magali não colocar um post eu tb não coloco nenhum, nem que seja para falar da desova dos caranguejos na África do Sul ou até mesmo do processo migratório da Minhoca dos Pântanos!!!

Magali... ??? Pssstttt... estás aí? Pois bem...mãos à obra!!!
Ah, Beep-Beep... tb não estamos mto activos, pois não?

E "PRO FAVOR" não me venham com a falta de tempo, ok???
PS- Só não faço greve da fome porque isso abre-me o apetite!! :-)






quinta-feira, 8 de maio de 2008

As pernas da Mãe Natal

Todos os dias lá estava ela, no cimo das escadas, vestida a rigor, a fazer a delícia de crianças e graúdos, a Mãe Natal...

Por debaixo daquela fatiota vermelha existia uma Mãe Natal que nunca se cansava, uma mulher viajada, que tinha tirado o curso de Ciências Natalícias numa Universidade dos Estados Unidos.

Todos os dias passavam por ela, todos a admiravam, já preenchia na casa um vazio dificil de substituir... ainda tentaram colocar um pote de louça Ming mas não era a mesma coisa.


O que caracterizava esta Mãe Natal? Horas após horas lá estava ela sempre em pé no alto da escadaria observando o mundo e esperando ansiosamente por aquela noite mágica que é a véspera de Natal...

Hoje recebi uma notícia triste... essa Mãe Natal poderosa, firme e hirte, como uma barra de ferro foi encontrada sentada no último degrau dessas escadas que sempre a viram de pé, a contemplar o Mundo!!

Beep-Beep, seu fã nº1, que sempre a admirou, encontrou-a sentada algo que supostamente nunca deveria acontecer ou não estivéssemos a falar desta Mãe Natal, conhecida com a "Special One" da última geração das Mães Natal.

Ao "abeirar-se" dela, pegou nela e colocou-a novamente em pé... suas pernas não aguentaram e sucumbiram... foi feita nova tentativa agora colocando as suas esbeltas pernas numa posição mais aerodinâmica mas... tombou!!!
Beep-Beep pensou que se trataria de dores espasmódicas e dolorosas dos músculos, câimbras em Português, mas não... ao segurar em tão frágeis membros inferiores notou que estavam partidas!

Tinham sido brutalizadas... alguém ousou sentar esta Mãe Natal quando esta não estava preparada para tamanha façanha!!!

Hoje é uma Mãe Natal traumatizada, vandalizada por alguém que nem um postal de Natal deixou a desejar rápidas melhoras.

O Blog dos Cinco quer assim desta forma desejar rápidas melhoras a esta Mãe Natal, que tantas alegrias nos dá e que tanta falta nos faz...

Força Mãe Natal.
PS- É natural que a maioria das pessoas não entenda bem o porquê desta história mas é dedicada ao Beep-Beep... :-)

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Parabéns LOIRA...

Pssttttt....Loira, estás aí?


Sabes que dia é hoje?

É isso mesmo.... hoje é o teu dia!!!

Hoje és "pequenina"... mas loira.

Nós "Os Cinco" queremos te desejar um dia espectacular, cheio de coisas boas e bonitas (olha para nós...) e claro um FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

O que te desejamos neste dia?
Que continues a ser o que és: DIVERTIDA, ALEGRE, DOIDA, AMIGA, COM ESSE TEU SORRISO SUPER CATIVANTE E SONORO E COM ESSE TEU BRILHO NOS OLHOS ..

Como sabemos que este teu aniversário é um pouco mais especial que os outros queremos deixar esta mensagem para ti:

Todos Nós, independentemente do sitio onde estejamos, mais longe ou mais perto mas sempre dentro do teu coração, gostamos muito de ti, queremos que sejas muito, mas muito feliz e que continues a sorrir porque foi assim que aprendemos a gostar de ti e é assim que queremos que continues a ser...

Paletes de Beijos.... só para ti!!!


P.S.- Como não sabiamos o que te oferecer devido a estarmos "lisos" e porque o preço do barril do Petróleo voltou a subir, fizémos umas rifas e o Peninha "palmou" alguns trocos do ofertório da Missa de Páscoa na Igreja de Nossa Senhora do Cá te Quero em Alfornelos e então investimos em algo nunca visto por estas bandas ... Já tens uma rua só tua!!!

Agora já se pode dizer que Sobral de Montagraço já tem um parque infantil e a Loira já tem uma rua só dela!!!

Post Nº 69

Não é que acabo de publicar um post e vejo:


Arquivo do Blog:
2008 (28)
2007 (40)
Ora bem: 28+40 = 68...

Hummm...
O próximo post é o 69 !!! :-)

Ora aqui está um post "especial"... O 69 é sem dúvida alguma um número "cósmico" que carrega consigo histórias das mil e uma noites!!

Ok, quem esteja a ler este post já terá a sua mente a trabalhar e a pensar, o que será que vai sair daqui???

Pois bem, o 69 é um número muito especial pois é o único que existe cujos algarismos que compoêm o seu quadrado (69 ao quadrado = 4.761) e o seu cubo (69 ao cubo = 328.509) formam todos os números entre 0 e 9 sem repetição...

Hummm... estavam à espera de melhor???

69 também é especial porque em 1969, o homem pisou pela primeira vez a lua... e então, perguntam vocês???

Desiludidos??? Estavam à espera de um conteúdo mais "picante", certo?

Podemos também falar da Route 69, ou U.S. Highway 69, que é uma auto-estrada nos Estados Unidos e que faz a ligação do Sul para o Norte e que tem perto 1,667 km. Quase do tamanho da nossa A1... :-)

Bem, para não ficarem desiludidos e porque sei que estão à espera que use o "69" para algo mais transcendente aqui vai...

"69 Maneiras de Sobreviver Sem Sexo" é um livro de Cathy Hopkins...

Nunca o li e nem sei que é a Cathy Hopkins mas deixem me dizer uma coisa...
"69 maneira de sobreviver sem sexo"???

Esta Cathy Hopkins não tem uma vida mto feliz!!!


Estava também para vos falar do Decreto-Lei nº 69/2005, de 17 de Março mas esqueçam lá isso... pela seca que é já deve vir no livro que enunciei anteriromente!!!

Foi a minha maneira especial de comemorar o post número 69...

We Are The World

Em Janeiro de 1985, 45 dos maiores nomes da música norte-americana gravaram o LP We Are The World, em benefício das vítimas de fome de África...
Passaram 23 anos e da maneira que estão as coisas no mundo já era tempo de gravarem um outro LP mas não apenas para as vítimas de fome em África...
Ainda à poucos dias vi na televisão uma reportagem sobre algo que na minha cabeça era impossível ou pelo menos inacreditável... Não me recorda o país, mas isso agora pouco interessa, mas a reportagem era sobre um grupo de "pessoas" (ou como se pode chamar "àquilo") que fazia o seguinte:
Ir buscar ao lixo, sim disse lixo, onde se amontua todo o tipo de coisas, restos de comida, que depois de "reciclada" (só enunciei este termo porque não sei o nome que se dá ao que vi na televisão...) era novamente consumida!!!???? Isto porque existem pessoas que já vivem bem abaixo daquilo que se chama "limite da pobreza".
Sei que hoje em dia existem locais específicos para transformar restos de comida em energia e bio-gás mas não é disso que se trata...
Limitar o conceito de "fome" apenas ao Continente Africano à muito que deixou de fazer sentido!!!

video

No sentido de manter a forma física...

Visto que este blogue é multifacetado chegou a hora da rubrica :
" 'Bora' lá trabalhar esses Glúteos...".
Tudo preparado?
O "tenucho" e a bela da meia soquete pelo tornozelo estão calçados?
Sim?
Então aqui vai...


video

sábado, 3 de maio de 2008

Dia da Mãe


Pelo Amor, pelo Carinho, pela Força, pela Segurança, pelo Afecto que só elas sabem transmitir de uma maneira tão especial...
Um beijo especial para todas as MÃES.

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Parabéns Mutley!!!




Ah pois é!


Não podíamos deixar passar em branco este dia!


Pois é pessoal, hoje quem é bébé é o Mutley...


Esse mesmo, o famoso "CATCH THAT PIGEON NOW!!"

Sendo eu suspeita demais para começar para aqui a tecer elogios (esses são feitos ao vivo e a cores!!), quero simplesmente dizer-te... MUITOS PARABÉNS!!!

Ou melhor, O Blog dos Cinco deseja-te um FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

E a nossa prenda para ti???

Ah pois é...

Toma lá...